Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

riscos_e_rabiscos

.

.

A Língua Portuguesa é Muito Traiçoeira!

                                             

A cena passa-se no café, entre uma senhora velhota e um dos donos do café, o Sr. J. .

A senhora, muito bem parecida e arranjada, encontra-se sentada na mesa e faz o seu pedido ao Sr. J. Passados alguns segundos, acrescenta o seguinte:

 

- Pode-me aquecer um bocadinho? – diz a senhora.

 

O Sr. J. olha para mim, escandalizado, e pergunta-me:

 

- Já viu isto? Pode-me aquecer um bocadinho?!

 

Eu respondo:

 

- Mas quem disse isso?

 

- Uma velhota que está ali sentada…

 

- Realmente, Sr. J. , propostas indecentes a estas horas, não… mas ao menos valia a pena nem que fosse aquecer só os pés?

 

- Irra, diz o Sr. J. , só se fosse rica!!! E mesmo assim…

 

- Mas o Sr. J. ia aquecer-lhe os pés já com a contrapartida na mão (o testamento)!

 

- E ia estragar o que já lá tenho em casa? Não vale a pena!

 

- Pois é, mais vale conservar o que temos lá em casa. Ao menos com esses sabemos com o que podemos contar! – respondi eu.

E desatámos os dois a rir.

 

Por isso, meus amigos e amigas, cuidado com aquilo que pedem! Os vossos desejos podem concretizar-se! Imaginem que diziam, estendendo o prato com uma sandes ao empregado, “corte-me ao meio, sim?” Glup!!!